Câmara adota o “Programa de Boas Práticas Ambientais”, que estabelece diretrizes propondo metas de economia de água e energia, diminuição da produção de lixo, além de outras ações, que visam a educação e a consciência ambiental de todos servidores e de todos os munícipes.